Santa Catarina integra rede global de pesquisa para um futuro sustentável

Foto: Gabriella Servi – Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina

O estado de Santa Catarina deu um passo significativo no cenário de pesquisa global ao ingressar no Belmont Forum em 2023, um importante consórcio internacional de financiamento de projetos transdisciplinares para o desenvolvimento sustentável. A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) se tornou a segunda instituição brasileira a integrar o grupo, que reúne 33 agências de financiamento de seis continentes. Com essa conquista, pesquisadores catarinenses passam a ter acesso a oportunidades inéditas de colaboração com cientistas de todo o mundo, em projetos que abordam desafios globais e a busca por soluções para a sustentabilidade do planeta. 

O Belmont Forum e o Congresso SRI 

A Fapesc está inserida no circuito global de pesquisa e inovação vinculada à rede do Belmont Forum, que é um dos organizadores do Congresso de Pesquisa e Inovação em Sustentabilidade (SRI). O SRI, realizado anualmente em diferentes regiões do mundo, reúne líderes globais em pesquisa, governos, sociedade civil e negócios para promover o avanço da sustentabilidade. 

Em junho de 2024, o SRI foi realizado em conjunto com o Sustainability Science Days (SSD), nas cidades de Helsinque e Espoo, na Finlândia. O evento contou com mais de 2 mil participantes de 100 países, reunidos para discutir temas como: 

  • Transições Verdes: Mudanças para um futuro mais sustentável e resiliente. 
  • Tecnologias Transformadoras e o Futuro do Trabalho: Explorando o impacto da tecnologia no mundo do trabalho e na sociedade. 
  • Vivendo na Primeira Linha da Mudança – O Ártico e Além: Compreendendo os impactos das mudanças climáticas nas regiões polares e suas implicações para o planeta. 
  • Energia para o Mundo: Buscando soluções inovadoras para o acesso à energia limpa e sustentável. 

Durante o evento foi lançado o edital (Call for Research Action – CRA) FORESTS 2024, no âmbito da parceria entre G20 e Belmont Forum, mobilizando conhecimentos globais para enfrentar os complexos desafios enfrentados pelas florestas tropicais. Esta chamada, apoiada por mais de 11 financiadores, incentiva projetos de pesquisa que abordem o desmatamento, as alterações climáticas e outras ameaças a estes ecossistemas essenciais. 

Fapesc abre portas para pesquisas ambientais de impacto global 

A entrada da Fapesc no Belmont Forum representa um marco para a ciência e inovação catarinense, abrindo portas para projetos internacionais transdisciplinares e de grande impacto, com potencial para gerar soluções inovadoras para os desafios globais. “O nosso ingresso no Belmont Forum foi viável após um ciclo de reuniões de trabalhos com agências de fomento e instituições intergovernamentais comprometidas em promover pesquisas transdisciplinares ambientais e sociais por meio de ecossistemas de inovação, principalmente nas Américas. Vamos proporcionar aos nossos pesquisadores, empreendedores e tomadores de decisão a oportunidade de participar de projetos globais que impulsionarão o desenvolvimento científico e tecnológico através dos desafios e boas práticas do estado de Santa Catarina”, afirma o presidente da Fapesc, Fábio Wagner Pinto. 

Se você quer saber mais sobre estes programas e projetos de capacity building internacionais, acesse o site da Fapesc e esteja conectado nas nossas redes sociais.

Mais informações
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) 
Gabriella Servi / [email protected]   
Telefone: (48) 98802-5794