Governador anuncia investimento de R$ 8,3 milhões para a expansão do serviço de oncologia em Joaçaba

Foto: Roberto Zacarias / SECOM

O governador Jorginho Mello autorizou o repasse de R$ 8,3 milhões para a expansão da oncologia no Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST), em Joaçaba. O projeto inclui a construção de uma nova edificação de quatro andares, totalizando uma área de 2.419 metros quadrados, que abrigará o serviço de oncologia ambulatorial. A expansão triplicará a capacidade atual, passando de sete para 14 consultórios e de 17 para 45 poltronas de quimioterapia.

Acompanhado da secretária Carmen Zanotto e do secretário adjunto, Diogo Demarchi, o governador esteve no município no sábado, 1° de junho, e reforçou que o investimento é parte de um esforço contínuo para melhorar os serviços de saúde em Santa Catarina. “Nós estamos melhorando a oncologia, a radiologia, estamos abrindo uma nova ala no Hospital Universitário Santa Terezinha. Enfim, nós estamos fazendo no estado inteiro de Santa Catarina uma melhoria na saúde. A secretária Carmen não tem medido esforços para nos ajudar. Nós estamos passando a limpo a saúde de Santa Catarina”, disse.

No terceiro andar do novo prédio ainda será instalado um aparelho de cintilografia e tomografia para suporte de diagnóstico por imagem. Os equipamentos já foram adquiridos com recursos do Ministério da Saúde.

Foto: Roberto Zacarias / SECOM

Conforme a secretária Carmen Zanotto, a expansão do serviço de oncologia visa melhorar a qualidade e a acessibilidade dos cuidados de saúde para os pacientes na região, oferecendo uma maior assistência, comodidade e humanização.

“Ano passado nós abrimos a radioterapia no Hospital Santa Terezinha. Eles só tinham cirurgia oncológica e o tratamento de quimioterapia. Nós abrimos o serviço de radioterapia e hoje o governador assinou um convênio de 8,3 milhões de reais para a construção de novos consultórios para os pacientes oncológicos e a ampliação da sala de quimioterapia, onde os pacientes realizam as sessões de quimioterapia em poltronas durante a semana. Também será implantado um serviço de imagem”, informou a secretária Carmen Zanotto.

As melhorias irão beneficiar toda a macrorregião de saúde do meio oeste catarinense, que engloba 47 municípios e uma população de aproximadamente 631 mil habitantes.

Em seguida, a comitiva visitou o Hospital São Miguel que passará a realizar cirurgias de alta complexidade via Sistema Único de Saúde, com a abertura de 10 novos leitos.

Visita ao Hospital São Miguel – Foto: Roberto Zacarias / SECOM