Governo do Estado inaugura a nova sala de espera e abre mais leitos no Hospital Infantil Joana de Gusmão

Mais conforto, acolhimento e segurança para pacientes e acompanhantes no Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG), em Florianópolis.
O governador Jorginho Mello e a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, inauguraram nesta terça-feira, 28, a Sala de Espera da Emergência e a Unidade E, com leitos clínicos.

Os novos ambientes irão qualificar e ampliar o atendimento às crianças e adolescentes que recebem tratamento no hospital.

O governador falou das mudanças que a reforma traz a quem trabalha na instituição e aos que procuram por atendimento:

SONORA

A nova sala de espera possui 108 metros quadrados e triplicará a capacidade para cerca de 140 pessoas.

O ambiente está mais humanizado e lúdico para os pacientes e acompanhantes, com novas cadeiras, fraldário, banheiros masculinos, femininos e adaptados para pessoas com deficiência.

O projeto incluiu a execução de infraestrutura de rede de instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias, além de climatização e sistema preventivo contra incêndio.

O local está integrado com a antiga área da Emergência, onde houve a troca do piso e das cadeiras, além da pintura nas paredes. O investimento do Governo do Estado foi de R$ 741,7 mil.

A secretária Carmen Zanotto enfatizou que as obras terão continuidade:

SONORA

A Unidade E também foi toda reformada, possibilitando a ampliação do número de leitos clínicos pediátricos de 16 para 20.

A reestruturação do espaço oferecerá significativas melhorias na funcionalidade do serviço que contempla as especialidades de neurologia clínica e cirúrgica, além de pediatria geral, atendendo de maneira mais eficaz às necessidades dos pacientes.

A diretora-geral do hospital, Tatiana Titericz, comemorou as conquistas que vão otimizar o trabalho com os pacientes do Hospital:

SONORA

A Associação de Voluntários de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente (AVOS) colaborou com a aquisição do mobiliário da sala de espera e a reforma da Unidade E, no montante de R$369 mil.
No ato também foi assinado a ordem de serviço no valor de R$550 mil para troca do forro e piso das áreas do atendimento clínico da Emergência, como a Sala Vermelha e a Observação Pediátrica.

A nova sala de espera teve sua construção iniciada em fevereiro deste ano e foi concluída em tempo recorde, por meio da adoção de um sistema construtivo pré-fabricado com blocos modulares montados no local.

As peças, fabricadas com placas de fibras de madeira mineralizadas, oferecem isolamento acústico e térmico, resistência ao fogo, à umidade e à infestação de pragas, garantindo durabilidade e segurança.

Outras iniciativas também têm sido implementadas, como a sala de Telemedicina que foi reformada. A adequação da rede de Gases Medicinais e de Vácuo iniciou e já está em funcionamento na Unidade E. Na sequência será expandida para outros setores do hospital.