Governo do Estado e FCEE lançam programa Gente Especial para regularizar repasses às instituições

Nesta quinta, 21 de março, dia que se comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down, o Governo do Estado de Santa Catarina e a Fundação Catarinense de Educação Especial anunciam o lançamento do programa Gente Especial, com a assinatura do decreto que vai regularizar os repasses para as instituições especializadas em educação especial de Santa Catarina.

 O programa Gente Especial consiste na regulamentação de um único termo de fomento com 5 anos de duração reunindo os repasses atualmente chamados de MRD e Fundo Social/Acolher, os quais totalizam mais de R$ 320 milhões ao ano, como explica a presidente da Fundação Catarinense de Educação Especial, Jeane Rauh Probst Leite:

SONORA

São cerca de 245 instituições beneficiadas, entre APAEs, AMAs, associações de surdos, de síndrome de down, de pessoas com deficiência visual, entre outras, que atendem cerca de 29 mil educandos em todo o estado de Santa Catarina.

A política de Educação Especial de Santa Catarina, definida pela FCEE, considera público da educação especial as pessoas com atraso global do desenvolvimento, deficiências (visual, auditiva, intelectual, física e múltipla), transtorno do espectro autista e altas habilidades/superdotação.

Repórter: Marcos Cassettari

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *