Agência Minas Gerais | Reforma duplica vagas no Centro Socioeducativo de Uberaba

O Núcleo I do Centro Socioeducativo de Uberaba (CSEUR), no Triângulo Mineiro, passou por uma reforma para receber adolescentes em conflito com a lei da cidade e região.

Vinte e duas vagas foram liberadas graças às obras e já estão disponíveis na unidade. Com as intervenções, o centro, que vinha operando com 20 vagas, retoma sua plena capacidade de atendimento, estando apto a receber até 42 adolescentes.

O Núcleo I estava interditado desde 2018 e, após inúmeras adequações realizadas, ajustadas com as Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal, foi liberado.

“A desinterdição traduz o novo momento que a unidade está vivendo, um momento de crescimento, legitimidade institucional, compromisso ético e profissional com os princípios do Sinase (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo), bem como o empenho da direção e de todos os servidores em busca de um objetivo comum que é o atendimento qualificado e humanizado do adolescente em cumprimento de medida socioeducativa”, destaca a diretora do Centro Socioeducativo de Uberaba, Michelle Delalíbera.

Sejusp / Divulgação

Segundo ela, a retomada da capacidade plena de funcionamento da unidade é um marco na história do CSEUR.

Retirada de infiltrações, pintura do espaço, abertura de porta para saída de emergência, abertura de basculante para melhoria da ventilação e claridade, reformas no teto e na parte hidráulica, além da pintura do piso, foram algumas das melhorias do espaço.

A reforma foi realizada entre outubro e novembro do ano passado pela Construtora Santa Amélia, vencedora do ato convocatório realizado pelo Instituto Elo, entidade que gerencia o Centro Socioeducativo de Uberaba, em parceria com a Subsecretaria de Atendimento Socioeducativo (Suase), da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

“O fim da interdição do CSEUR representa um marco significativo na política socioeducativa desenvolvida na unidade, pois além de possibilitar a utilização integral das estruturas que compõem o complexo, constitui um certificado de autenticação da qualidade dos trabalhos desenvolvidos atualmente pelo programa socioeducativo”, avalia o juiz da Vara da Infância e Juventude de Uberaba, Marcelo Lemos.

Consultório odontológico

O Centro Socioeducativo de Uberaba iniciou o ano ainda com outra boa notícia. O consultório odontológico, que vai atender a todos os adolescentes da unidade, passou a funcionar em 8/1.

No espaço será realizado todo o tratamento primário: limpezas, restaurações, acompanhamento preventivo e tratamento periodontal. Demais procedimentos especializados são encaminhados para a rede parceira. Uma dentista realiza os trabalhos com os adolescentes de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h.

Até o momento, 19 adolescentes foram atendidos e 29 procedimentos foram realizados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *