Dupla é presa em “casa bomba” com metralhadora e 300 quilos de drogas em Itaquera





Também foram apreendidos cerca de R$ 40 mil escondidos em um compartimento oculto de um veículo



Casa escondia fábrica de drogas

Dois homens, de 29 e 45 anos, foram presos em flagrante nesta segunda-feira (22) por armazenarem em uma “casa bomba” mais de 300 quilos de drogas no bairro de Itaquera, na zona leste de São Paulo. No imóvel, onde também funcionava um laboratório para preparar os entorpecentes, foi localizada uma metralhadora 9 mm. Alem disso, a polícia ainda encontrou R$ 40 mil escondidos em um compartimento oculto de um veículo.

Os policiais da 5ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) receberam a informação sobre um imóvel na região usado para depósito e preparação das drogas. Os polícias passaram a monitorar o local em viaturas descaracterizadas e perceberam uma movimentação suspeita de pessoas, que retiravam caixas de papelão de um carro estacionado na calçada e levavam para dentro do imóvel.

Metralhadora foi encontrada no local

Depois de perceberem a presença dos agentes, os suspeitos correram para dentro da casa e tentaram se esconder, sendo que dois homens foram abordados. Um terceiro comparsa, motorista do veículo, conseguiu fugir pela rua, mas deixou cair a chave do veículo, que foi apreendida.

Dentro da residência, foram encontrados diversos equipamentos de preparo e produção de drogas, como prensas, moedor de grãos, forno micro-ondas, máquina de embalar, serra elétrica e balanças de precisão. Também foram recolhidos 136 cartuchos de calibres 38, 40, 45 e 9 mm, três celulares e um colete balístico, roubado pelos criminosos em 2022.

No total, foram apreendidos 215,4 quilos de cocaína, 4,2 quilos de maconha e 108,8 quilos de substâncias usadas para o preparo das drogas, que estavam separadas em tijolos, porções individuais e a granel.

Durante a vistoria no imóvel, foi encontrada em um dos cômodos uma metralhadora 9 mm com munições de vários calibres. Os policiais localizaram também a chave de outro veículo que estava parado a poucos metros do local. Os dois carros foram levados ao pátio da unidade policial para perícia. Um deles, onde estavam as caixas de papelão, escondia R$ 43,9 mil dentro de um compartimento oculto instalado entre o banco traseiro e o porta-malas.

O indiciado mais velho tinha passagem pelo sistema prisional pelo mesmo crime de tráfico de drogas e estava em liberdade provisória desde abril de 2022.

A dupla foi presa em flagrante e encaminhada à 5ª Delegacia da Dise, do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), onde o caso foi registrado como tráfico de drogas, associação ao tráfico, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, receptação e localização e apreensão de veículo e de objeto. O delegado solicitou a conversão da prisão em flagrante para preventiva.

Objetos apreendidos na ação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *