Prefeitura de Cuiab | Emanuel Pinheiro determina pagamento salarial a servidores nomeados pelo gabinete de interveno do Estado que ficaram sem salrios

A pedido do prefeito Emanuel Pinheiro, o secretário de Saúde, Deiver Teixeira, realizou nesta sexta-feira (12) reunião com servidores nomeados pelo gabinete de intervenção e que ficaram sem receber no mês de dezembro. 

Sem nunca terem sido recebidos pelo gabinete da intervenção do Estado, os servidores tiveram suas demandas ouvidas pelo secretário, que garantiu o pagamento do salário, tendo como prazo máximo a próxima quarta-feira (17). Posteriormente, os casos de descontos na folha complementar serão discutidos individualmente. Foi assinado um termp de compromisso pelo secretário e os servidores presentes. 

“O que a intervenção fez foi esquecer tudo o que havia de dívida anterior e viveu de março a novembro com o dinheiro de um ano inteiro e deixando dezembro sem pagar, inclusive o salário dos servidores”, afirmou Deiver. 

“Todo mundo está achando que a intervenção fez mil maravilhas, mas nós sabemos que isso não passa de narrativa”, afirmou o secretário. “Há uma situação muito desconfortável e nós precisamos registrar, senão vão afirmar que a dívida é nossa, mas foram eles que deixaram essas dívidas e agora estamos trabalhando dia e noite para resolver”. 

Liderado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, que está em Brasília, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) conseguiu recursos para regularizar os pagamentos e solucionar os problemas que surgiram da má gestão anterior. Servidores presentes na reunião saíram com o compromisso firmado pelo secretário. 

“O secretário foi bem receptivo e a princípio o que nós vimos é que o salário já está calculado e será pago até quarta-feira, depois disso o que surgiu de pendência da gestão anterior será discutido caso a caso, estou satisfeita com a solução, acreditamos que vai dar tudo certo”, afirmou a estatística Juliene Machado, uma das representantes dos servidores presente na reunião.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *