Governo de SC pede apoio ao reequilíbrio do contrato da concessionária do Aeroporto de Navegantes – ACN

O governo de Santa Catarina foi até o ministério de Portos e Aeroportos, em Brasília, para reforçar a importância da construção da segunda pista do Aeroporto de Navegantes e a necessidade do reequilíbrio do contrato da empresa concessionária para que o projeto saia do papel.

O ministro Sílvio Costa Filho recebeu uma comitiva do Estado. O governador Jorginho Mello participou da reunião de forma online.

De acordo com o governador, a empresa já apresentou um projeto prevendo a segunda pista, pois entendeu a necessidade que ela tem para o desenvolvimento do aeroporto. Mas para isso é preciso um reequilíbrio contratual e por isso esta ida à Brasíli para sensibilizar o Governo Federal sobre a importância que esta ação tem para Santa Catarina.

Existe ainda a preocupação com o crescimento da atividade portuária. O Porto estima investimento de mais de R$ 1 bilhão nos próximos 4 anos, incluindo novos equipamentos com dimensões que poderão impactar no uso da única pista existente.

“Os números utilizados para o processo de concessão foram subestimados e não condizem com projeto original da Infraero de 2013, seria um grande erro e nenhuma visão de futuro não fazer esta readequação”, afirma o secretário Beto Martins.

O ministro Silvio Costa e Filho assumiu ao governador o compromisso de que fará de tudo para solucionar a questão, mas, que, para isso são necessários elementos técnicos que justifiquem a construção da segunda pista, como estudos que apontem o aumento da demanda. Ele determinou à equipe técnica do Ministério que avalie o tema com urgência.

A secretária Vânia Franco, da Articulação Nacional de Santa Catarina em Brasília, vai continuar acompanhando o processo na capital federal junto ao Ministério de Portos e Aeroportos.

Repórter: Kenia Casagrande

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *